Os 10 melhores antipulgas para gatos e cachorros

quinta-feira, 11 de julho de 2019 13:57:24 America/Sao_Paulo

Quando seu pet começar a se coçar sem parar você já pode ficar preparado: isso pode ser sinal que ele está com pulgas ou carrapatos!

Porque tratar e prevenir?

 

Esses parasitas não apenas causam alergia, anemia, verminose e coceira ao seu animal, como também podem trazer várias doenças. As mais comuns no Brasil são erliquiose, febre maculosa e a babesiose. E pior, ela não pode apenas afetar seu animal como você também!

As pulgas e carrapatos, por incrível que pareça apenas 5% delas ficam no pet e os outros 95% no ambiente em que ele está. Eles se espalham e ficam escondidos em todos os cantos da casa. Então é importante cuidar do seu pet e do ambiente onde ele está para que não ocorra uma infestação.

 

Ciclo de vida dos parasitas

 

Carrapato

Os carrapatos são parasitas externos que sobem no animal para se alimentar do sangue e através da picada transmitem doenças, como erliquiose, febre maculosa e a babesiose.

Pulgas

Além de causarem coceira e alergia, podem transmitir um verme chamado Dipylidium caninum aos cães e gatos, que em altas infestações podem causar perda de peso, dor abdominal, falta de apetite e diarreia.

 

Combate

 

A melhor forma de combater a pulga e carrapato é evitando o contato deles com seu animal. Para isso, o ideal é já começar com o processo de prevenção desde filhote, pois assim evitará que o pet seja infectado e possa espalhar pela casa e outros animais.

Além de manter o animal protegido, também deve tomar um cuidado a mais com a limpeza do ambiente, higienizando bem os cantos e lugares altos.

Durante a aplicação do medicamento é preciso ter alguns cuidados, tais como:

- Não repartir o medicamento – ele é feito com a quantidade certa para o tamanho do seu pet, e diminuir ou dividir a quantidade pode afetar o resultado do produto.

- Tratar todos os animais da casa – não adianta apenas aplicar o medicamento em um animal da casa ou isolar aquele que tenha sido contaminado pelos parasitas, pois rapidamente se espalharão e os outros também ficarão infectados.

- Não estender o prazo – se o medicamento tiver um prazo de 30 dias, por exemplo, não estender e aplicar a cada 45 dias ou mais tarde. Durante esse período o animal vai estar desprotegido dos parasitas podendo contrai-las.

- O animal não vai parar de se coçar logo após a aplicação do antipulgas – o efeito do produto não é imediato, então ele pode ainda se coçar e ser mordido até o antipulgas fazer efeito.

 

Tipos de antipulgas

Existem muitos tipos de produtos para evitar que seu pet pegue algum tipo de parasita, siga abaixo a lista de opções:

 

Shampoo e Sabonete

Nem sempre eficaz, pois nem sempre um banho com o produto será necessário para eliminar as pulgas que estão no animal, além de não durarem após o banho.

O ideal é utilizar o shampoo ou sabonte e depois do banho aplicar outro produto eficaz para proteger o animal.

Exemplo de produto: Duprat, Ecovet e Matacura.

 

Talco

Uma das formas de prevenção contra antipulgas e carrapatos mais antigas, mas que ainda são vendidos atualmente. Esses antipulgas são bons para animais pequenos, porém sua eficácia não é total, pois o talco não fica sempre no corpo do animal.

Mas ele é bom para se aplicado no local e objetos que o animal usa, pois assim, estará protegendo que os parasitas não se espalhem.

Exemplo de produto: Ibasa

 

Pipetas

Em geral, sua eficiência é boa, porém, existem alguns antipulgas que as pulgas já criaram resistências, entretanto a cada dia as marcas vem mostrando novos princípios ativos para eliminar com os parasitas.

Alguns antipulgas protegem não apenas o pet como também o ambiente em que estão e tem a durabilidade entre 1 a 3 meses.

Exemplo de produto: Advocate, Advantage MAX3, Bravecto Transdermal, NeopetFrontlineRevolution.

 

Spray

Esses produtos são mais eficazes para os parasitas que já estão no corpo do animal, mas não são tão eficazes para o ambiente.

O produto deve ser aplicado em todo o corpo do animal, tomando cuidado para não espirrar na região dos olhos e focinhos. Os sprays também podem ser utilizados em filhotes.

Exemplo de produtos: Frontline.

 

Comprimido

                O Comprimido age inibindo a reprodução das pulgas e auxiliando na eliminação das mesmas. Mas ela só tem efeito nas pulgas na fase adulta.

Exemplo de produto: Comfortis, Bravecto, Nexgard e Simparic.

 

Para ambientes

O objetivo para os antipulgas para o ambiente é eliminar com as pulgas nas primeiras fases de vida. Normalmente são sprays ou líquidos para diluir junto a água para passar no ambiente onde está.

Exemplo de produto: Pulgoff, Mypet Aerosol e Fleegard.

 

Coleira

                As coleiras são as que mais duram em relação aos outros tipos de antipulgas, cerca de 8 meses de proteção. Elas têm um princípio ativo em volta da borracha que protege o animal, além de geralmente serem a prova d’água.

Exemplo de produto: Seresto e Leevre.

 

Os Melhores antipulgas

1º Advantage Max3

2º Advocate

Bravecto

Comfortis

5º Effipro

Frontline

7º Neopet

8º Nexgard

9º Revolution

10º Simparic